Binance: 2.4 billion BUSD in a year

During this short period of time the project team managed to undermine over 1 billion BUSD in just 261 days.

It was September 2019 when this stablecoin was launched, which over time received the approval of the New York Department of Financial Services (NYDFS). Binance emphasizes that its stablecoin is highly regulated.

The numbers of BUSD, the Binance stablecoin

During this year, in collaboration with Paxos, pairs with Bitcoin (BTC), Binance Coin (BNB) and Ripple (XRP) were introduced.

The numbers of BUSD are impressive, since there are in total 2.4 billion BUSD, over 155 thousand users who have BUSD (counting only those on Binance), is traded with 97 pairs and over 30 exchanges have listed it.

To trade with BUSD the maker fee is zero at Binance.

In addition, the exchange emphasizes that BUSD undergoes regular audits, which helps to ensure a perfect 1-to-1 match with the underlying U.S. dollar.

BUSD and DeFi

In the post Binance points out that, only last month, as many as 2 million BUSDs have been added in the decentralized Uniswap protocol for Tether (USDT) and USDC pairs.

This is because, especially in decentralized finance (DeFi), stablecoins are becoming a very important tool that often allows interesting returns, as we have seen in the case of the Yearn Finance (YFI) project.

BUSD can also be found on various protocols such as Etoro, which guarantees about 9% APY on deposit, on Curve Finance where it guarantees 28%, not to mention the various liquidity pools on Uniswap, 1inch, Mooniswap, Paraswap and Bepswap and many others.

The stablecoins are also an excellent tool for traders, being able to change their crypto without going through their bank, removing the problem of volatility.

O Regresso do Rei: Preço do Bitcoin de volta acima de $10.000

Parece óbvio que os dias enfadonhos do comércio de Bitcoin Formula acabaram. A divisa criptográfica foi uma onda na última semana, ganhando mais de 10% e quebrando a cobiçada marca de 10.000 dólares pela primeira vez desde junho.

O preço do bitcoin faz isso novamente: Mais de 10.000 dólares

As últimas semanas foram bastante aborrecidas quando se tratou da acção de preços do Bitcoin. Afinal de contas, a moeda criptográfica permaneceu presa em uma faixa muito apertada durante a maior parte do mês de julho.

Isto viu o Bollinger Bands apertando muito apertado, o que geralmente é considerado como um indicador de uma oscilação iminente em qualquer direção. Mas enquanto a maior parte da moeda criptográfica estava em baixa devido à indecisão do mercado e aos baixos volumes de negociação, o BTC virou-se a favor dos touros.

Nos últimos seis dias, Bitcoin ganhou mais de 10%, e tudo isso culminou hoje, quando a principal moeda criptográfica finalmente quebrou a cobiçada marca de 10.000 dólares. Atingiu a marca de $10.111 no Binance antes de voltar ligeiramente para onde atualmente é negociado, em torno de $9.995.

Como CryptoPotato relatou ontem, $10.000 é um dos níveis críticos a manter em vista. Se o BTC tiver sucesso em fechar acima dele, a próxima meta seria de US $ 10.500, que é a atual alta anual e representa uma grande área de resistência que ele teria que quebrar para continuar uma corrida de alta mais alta.

Domínio do Bitcoin Recupera em uma Batida

Outra coisa essencial a considerar é a quota da Bitcoin em relação a toda a capitalização do mercado. Pouco antes desta subida, o índice estava a um mínimo anual.

No entanto, nos poucos minutos em que o preço do Bitcoin decolou, o índice de dominância também aumentou quase 1%. Isto significa que a moeda criptográfica primária conseguiu recuperar alguns dos motivos que tinha perdido para os altcoins.

Por falar em altcoins, todos eles levaram uma surra na última hora.

O mapa de calor acima é uma representação horária do desempenho de altcoins contra Bitcoin. Todo o mercado é coberto de vermelho, o que é comum quando o preço da Bitcoin decola.

Esta é a principal razão pela qual é importante proceder com cuidado. Movimentos bruscos no preço da Bitcoin normalmente reflectem-se instantaneamente nas moedas alternativas. A temporada de altcoins em curso pode chegar ao fim se a moeda criptográfica primária continuar o seu aumento.